sábado, 13 de novembro de 2010

Pão Diário (enviado por email)

13 de novembro

Restauração

LEITURA BÍBLICA
Salmo 32

Sejam bondosos e compassivos... perdoando-se mutuamente, assim como Deus os perdoou em Cristo (Ef 4.32).

Se Davi fosse publicar um livro temático, provavelmente optaria em escrever sobre o perdão. Suas aventuras heróicas contra gigantes e filisteus ficariam em segundo plano diante da alegria produzida pelo perdão. Nem sua biografia, repleta de lances de simplicidade, amizade e sucesso, resistiria.

O Salmo 32 pode ser associado ao 51. Ambos têm seu contexto na história complicada de Davi com Bate-Seba, envolvendo temas típicos das novelas como paixão, adultério, traição e assassinato. Quando se viu como “personagem principal” Davi sentiu na pele o significado de viver com peso de consciência. Adoeceu no corpo e na alma. Perdeu a alegria de viver. Sua riqueza e glória já não faziam sentido algum. Há muitos que vivem com peso de consciência sem saber como tratá-la. Tomam remédios, inventam programas, viajam, mas o problema permanece. Vivem sob acusação constante. Sabem que erraram, mas não têm coragem de enfrentar o problema. Enganam a si próprios com expressões do tipo “o tempo é o melhor remédio”. Não, não é. Quanto mais tempo viverem com isso, mais tempo sofrerão. Davi encontrou a cura quando o profeta Natã o ajudou a compreender que o seu maior problema era ele mesmo. Então, os olhos espirituais de Davi se abriram e ele enxergou quem era diante de Deus: pecador miserável, perverso, rebelde, egocêntric
o, autoritário, traiçoeiro e coisas semelhantes. Mas Davi se arrependeu, confessou o pecado a Deus e experimentou da alegria de ser perdoado.

Tudo mudou. Já não havia mais culpa alguma, podia olhar as pessoas, a família e os amigos. Principalmente, podia buscar a Deus sem impedimento algum. Será que há algo em você que o acusa? Talvez um assunto mal resolvido com família, negócios ou relacionamentos. Arrependa-se, confesse seu pecado a Deus. Mais do que alegria, vai descobrir que esta é a vontade de Deus. - JED

A sinceridade do arrependimento produz a alegria do perdão.



Email enviado por segundoparaoalvo@gmail.com_______________________________

Nenhum comentário:

Postar um comentário